CONTATO    ÁRBITROS    JOGOS DO DIA
Usuário:    |  Senha:  
 
 
  26/10 - Brasileiro Masculino e Feminino de 30/10 a 02/11 na Arena Nacional (SP)  
BLOG - NÓS, TÁTICOS!

Data: 18/06/2020

  

MODELOS DE MARCAÇÃO

Olá, amigos leitores, é um prazer participar do Nós, Táticos"!.
Vou falar sobre Estratégia de Jogo, Modelos de Marcação e Jogadas Ensaiadas.
Espero que gostem!!

O que é Estratégia?

É um plano, método ou manobras usadas para alcançar um objetivo ou resultado específico.
Ou seja, estratégia são ações individuais ou coletivas que você usara contra um adversário, visando explorar os pontos fracos e neutralizar os pontos fortes, para conseguir um resultado positivo. 

Exemplo 1: 
Determinada equipe, gosta de jogar em alta intensidade, acelerando o jogo a todo momento, o que fazer para neutralizar esse tipo de jogo?
Recuo meu time, marcaremos meia quadra por zona, com essa “estratégia”, eu tiro o adversário da zona de conforto.

Exemplo 2:
O meu adversário só faz marcação meia quadra por zona, como consigo ter êxito contra este tipo de marcação?
Fazendo um jogo posicional, organizando meu time em um posicionamento que “desencaixe”, desta marcação, procurando jogar sempre entre linhas, e mantendo a posse de bola, para não sofrer os contra ataques. 
Esses são apenas dois exemplos, de tantos outros que podem ser aplicados no Fut7.

É importante que você conheça a maneira de jogar do seu adversário, para ter êxito na estratégia que vai adotar.

Tipos de Marcação no Fut7:

Existem 3 tipos básicos, a marcação individual, por zona e a mista.

Na marcação individual, também conhecida por “homem a homem”, cada jogador da defesa tem sob sua responsabilidade um adversário predeterminado para marcar. Neste tipo de marcação, o fator principal é o jogador a ser marcado, pouco importando as zonas de campo ou onde está a bola. As principais vantagens desta opção são a clareza e a simplicidade nas instruções e definição imediata das responsabilidades, Porém, como desvantagens a equipe terá que superar a dificuldade na reorganização na perda de bola, principalmente quando o adversário usa outro tipo de marcação e espaços vazios que podem ser causados, durante a movimentação.

A marcação por zona, também conhecida como “por setores”, cada atleta tem um setor a ser cumprido, de acordo com a troca de passes do adversário, marcação voltada para a bola, ou seja, se algum adversário infiltrar não existe acompanhamento, sincronismo na movimentação dos atletas e noção de quadra (tempo e espaço). As principais vantagens destes sistemas são, suporta vantagem numérica do adversário, propicia contra-ataque equilibrado, induz jogo ofensivo para lateral, facilidade na marcação de ajuda (cobertura) e possibilita a dobra na marcação. As desvantagens são, propicia volume de jogo ao adversário, propicia chute a média distância, erro individual no posicionamento e quebra de sincronismo podem ser fatais e se houver mudança de sistema no posicionamento ofensivo (linha de 3 para linha de 4) do adversário, a transição defensiva será complexa.

Por fim, a marcação mista, também conhecida como combinada, e que consiste na fusão das duas anteriores. As vantagens são a anulação de um ou mais jogadores de nível técnicos superior, sem descaracterizar a marcação básica, maior flexibilidade, possibilitando a variação dos tipos de marcação e poder retornar ao sistema original a qualquer momento, sem prejuízos. A principal desvantagem pode ser quanto aos espaços que podem ser abertos no setor defensivo, caso os atletas responsáveis pela execução não sejam escolhidos adequadamente. 

Jogadas ensaiadas:

Jogadas ensaiadas, costumam ser uma grande arma praticada contra os adversários, geralmente elas acontecem em bolas paradas (cobrança de faltas, escanteios, laterais e tiros de meta). O treinamento de jogadas de bola parada permite o aprimoramento de lances de velocidade que tem por objetivo surpreender a defesa adversária. Essas jogadas, muitas vezes, representam ótimas oportunidades para o time realizar o gol. O mais difícil, é encontrar o tempo certo das movimentações, para se obter êxito contra a defesa adversária.

Uma observação final.

Todos os temas abordados acima, demandam tempo de treinamento, e infelizmente na realidade do Fut7 atual, isso não é possível, pois, os times geralmente treinam 1x por semana, e isso é pouco para os treinadores passarem aos atletas tanto conteúdo.


Paulinho Pereira

São Paulo | São Paulo

Treinador Santa Isabel FC | SP.
Meu contato pessoal: (11) 
99950-5502 

Instagram: @paullinhop2


*O blog Nós, Táticos! é escrito por treinadores e apaixonados pelo esporte. Suas opiniões não representam necessariamente o posicionamento da Confederação de Futebol 7 do Brasil.



LEIA TAMBÉM!

FORMAÇÃO DE DEFESA E ATAQUE
Conheça táticas, jogadas e mais!- Por Jacir Junior
JOGO DE MOBILIDADE OU JOGO POSICIONAL?
Conheça táticas, jogadas e mais!- Por Marcelo Ferreira
A IMPORTÂNCIA DA INTENSIDADE NO FUT7
Conheça táticas, jogadas e mais!- Por Cláudio Borges
JOGADA ENSAIADA OFENSIVA
Conheça táticas, jogadas e mais!- Por Pablo Ricardo
IMPORTÂNCIA DAS CATEGORIAS DE BASE PARA A EVOLUÇÃO DO FUT7
Conheça táticas, jogadas e mais!- Por Mateus Ramires

RANKING

ENQUETE

Você pratica o F7?





PARCEIROS

Copyright© 2022 CONFEDERAÇÃO DE FUTEBOL 7 DO BRASIL.
CNPJ: 41.983.663/0001-50